Total de visualizações de página

domingo, 24 de abril de 2011

Caçambas de entulhos serão rastreadas

Caçambas de entulhos serão rastreadas

Atualmente paga-se entre R$ 60 e R$ 80 pela locação de caçamba, com mudança custo mínimo será entre R$ 100 e R$ 120...

Publicado em 22 de Abril de 2011, às 9h50min | Rafael Marcante | Fonte: Mariana Lioto/Gazeta do Paraná

A Secretaria de Meio Ambiente reserva uma surpresa tecnológica para as empresas locatárias de caçambas, que fazem a coleta de resíduos da construção civil na cidade: irá instalar dispositivos de rastreamento nos caminhões, para saber se os veículos não andam depositando irregularmente materiais em áreas de fundo de vale.
A ideia foi do secretário de Meio Ambiente, Luiz Carlos Marcon, e vem acompanhada de uma proposta para solucionar o impasse que envolve a utilização da área da antiga Pedreira Municipal, no Guarujá, para o depósito dos resíduos. “Nossa proposta é contratar uma empresa para administrar a área do depósito de entulhos e passar a cobrar pela destinação dos resíduos, o valor máximo seria de R$ 15 o metro cúbico, mas o valor poderá baixar na licitação”. Desde 2001 o espaço é utilizado sem qualquer custo para as empresas. Por determinação do Ministério Público, o município deveria deixar de receber entulhos na área a partir do próximo dia 30. Marcon pretende escrever ao promotor Ângelo Ferreira explicando sobre a proposta do município e pedindo prorrogação do prazo de uso da área, a partir da nova sistemática.
A votação da lei que permite as mudanças foi incluída como urgência na pauta da Câmara esta semana, Marcon acredita que pelo trâmite normal a lei deve entrar em vigor no final de maio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário