Total de visualizações de página

sábado, 30 de abril de 2011

SÃO PAULO (Reuters) - O banco PanAmericano, que passou para o controle do BTG Pactual em fevereiro, lançou nesta sexta-feira um cartão de débito pré-pago 'multiuso', focando na parcela da população que ainda não possui conta bancária. O cartão pode ser usado para compras por meio da rede da Mastercard e também para saques e transferências. A empresa global de soluções de pagamentos Rêv participa do projeto. 'Parcela significativa da população ainda não tem acesso a serviços bancários. (...) o cartão pré-pago é alternativa para promovermos a inclusão financeira deste público', disse em comunicado à imprensa o diretor de cartões do PanAmericano, Eliel Teixeira de Almeida. O banco citou dados do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) ao afirmar que quase 40 por cento da população brasileira não utiliza serviços bancários e que 55 por cento dos salários são pagos em dinheiro. 'O índice de rejeição de pedidos de cartão de crédito no Brasil ainda é alto, cerca de 40 por cento. O cartão pré-pago é (...) uma alternativa para o pagamento de salários de indústrias como a construção civil', acrescenta o executivo. O banco pretende oferecer em até 60 dias recarga do cartão por meio da rede de cerca de 10 mil lotéricas da Caixa no país. No mesmo período, as 250 lojas do PanAmericano também começarão a distribuir o cartão. (Por Alberto Alerigi Jr.)

SÃO PAULO (Reuters) - O banco PanAmericano, que passou para o controle do BTG Pactual em fevereiro, lançou nesta sexta-feira um cartão de débito pré-pago 'multiuso', focando na parcela da população que ainda não possui conta bancária.

O cartão pode ser usado para compras por meio da rede da Mastercard e também para saques e transferências. A empresa global de soluções de pagamentos Rêv participa do projeto.

'Parcela significativa da população ainda não tem acesso a serviços bancários. (...) o cartão pré-pago é alternativa para promovermos a inclusão financeira deste público', disse em comunicado à imprensa o diretor de cartões do PanAmericano, Eliel Teixeira de Almeida.

O banco citou dados do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) ao afirmar que quase 40 por cento da população brasileira não utiliza serviços bancários e que 55 por cento dos salários são pagos em dinheiro.

'O índice de rejeição de pedidos de cartão de crédito no Brasil ainda é alto, cerca de 40 por cento. O cartão pré-pago é (...) uma alternativa para o pagamento de salários de indústrias como a construção civil', acrescenta o executivo.

O banco pretende oferecer em até 60 dias recarga do cartão por meio da rede de cerca de 10 mil lotéricas da Caixa no país. No mesmo período, as 250 lojas do PanAmericano também começarão a distribuir o cartão.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário