Total de visualizações de página

domingo, 22 de maio de 2011

Crie metas e formas eficazes de crescimento profissional em 2011

Fonte: Portal HSM

Especialista em Coaching explica as melhores formas para criar metas como reflexão, clareza e objetividade. Leia mais!
Em janeiro, é comum profissionais refletirem sobre o que desejam para suas carreiras no novo ciclo que se inicia. As empresas fazem o mesmo, revendo seu planejamento e sua estratégia neste período. Profissionais sonham com promoções, crescimento, aumento de salário. Empresários buscam o crescimento da companhia.
Jaqueline Weigel, diretora geral da Weigel Coaching, empresa especializada em coaching, orienta que para o desenvolvimento de negócios e pessoas, antes de pensar no futuro, pode ser interessante analisar o ano que passou. “Quais foram os planos de 2010? Em quais você teve sucesso? Em quais não e por quê? Além disso, é importante ficar atento e entender que sem um planejamento claro e objetivo, com base em dados sólidos, é comum profissionais e empresas dispersarem no meio do caminho”.
Jaqueline aponta três razões que, de uma forma geral, causam a frustração das metas para um novo ano: falta de foco, pouca disciplina e má organização. “Observamos em nossos clientes que quando o planejamento é falho ou superficial, fatalmente ocorre um dos três aspectos citados. E desta forma não há plano que se concretize” explica. Para a executiva, é preciso ter clareza do que se quer construir, e organização mental e emocional para executar o plano.
Além disso, Jaqueline Weigel explica que, para planejar melhor, é preciso usar a razão e deixar um pouco de lado a empolgação, tão comum neste período. “É necessário dedicar um tempo, estabelecer bem os objetivos, ligá-los a um objetivo maior, de longo prazo, e somente depois agir. A maioria começa fazendo ações, mesmo sem ter um plano mestre como apoio”, define.
Outro problema constante é a falta de clareza. “É muito comum as pessoas traçarem metas abstratas, como sucesso, felicidade, crescimento, realização. Isto são valores do resultado, não metas. Não são possíveis de mensurar. É preciso definir especificamente o que se deseja construir. É isto que nos mantém no foco durante todo o percurso”, ressalta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário