Total de visualizações de página

sábado, 7 de maio de 2011

Ultragaz renova frota de caminhões e reforça sua preocupação com o meio ambiente

Líder na distribuição de Gás LP no Brasil, a companhia acaba de adquirir 250 novos caminhões .

A Ultragaz, líder na distribuição de Gás LP (Liquefeito de Petróleo) no Brasil, acaba de adquirir 250 novos caminhões. Os veículos fazem parte do programa de renovação da frota operacional da companhia, em parceria com a empresa de transportes Julio Simões, e estão em conformidade com o Proconve P5 – norma que estabelece os níveis de emissões de gases poluentes no Brasil.

Guilherme Darezzo, gerente de Logística e Frota da Ultragaz, destaca que a iniciativa reforça a preocupação da companhia com a sustentabilidade e o meio ambiente. “Os caminhões novos possuem motores mais eficientes em relação à frota antiga, gerando, assim, uma expectativa de redução total de aproximadamente 35% nas emissões de gases poluentes e de efeito estufa”, ressalta.

É importante destacar que a Ultragaz incorporou a sustentabilidade como bandeira e política de atuação a partir do posicionamento: “Ultragaz Faz Sustentável. E quer fazer sempre mais”, que acompanha o Selo de Sustentabilidade da empresa, usado nos seus programas e campanhas sociais e ambientais. “E a renovação da nossa frota é mais um passo no trabalho que temos realizado em prol da sociedade e do planeta”, finaliza Darezzo.

Perfil da Ultragaz-Primeira empresa de Gás LP do Brasil, faturamento de R$ 4 bilhões por ano, clientes empresariaisde aproximadamente 40 mil, quantidade total de Gás LP distribuído: 1,6 milhão de toneladas/ano, 15 bases de engarrafamento, 22 total de bases de estocagem e distribuição, aproximadamente 40 milhões consumidores finais, quatro mil funcionários, 4.200 revendedores, 43 lojas próprias, uma frota de 2.094 veículos próprios. [ www.ultragaz.com.br e 0800-70-10-123| ouvidoria@ultragaz.com.br ou (11) 3177-6481|Twitter: @UltragazOficial e Brasilgas_Ofic| Facebook: Ultragaz e Brasilgás|*não soma as revendas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário