Total de visualizações de página

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Cigano avisa a Carwin: 'Nunca sentiu a força de mãos como as minhas' Brasileiro afirma que vai buscar nocaute no UFC 131. Americano, substituto de última hora de Brock Lesnar, agradece nova oportunidade


O brasileiro Júnior "Cigano" dos Santos não está impressionado pelo tamanho de Shane Carwin, seu adversário no UFC 131, no próximo dia 11 de junho, em Vancouver, Canadá. Em teleconferência realizada nesta terça-feira para promover o evento, Cigano se mostrou confiante e disse que buscará o nocaute contra o rival, na luta que vai definir o desafiante número 1 ao cinturão dos pesos pesados.
Júnior dos Santos e Shane Carwin têm cartel idêntico de 12 vitórias e uma derrota no MMA e contabilizam, juntos, sete nocautes no UFC - quatro deles pertencem a Cigano. O brasileiro sabe da potência do rival, que pesa quase 10kg a mais que ele e usa luvas no tamanho XXXXL, mas não se intimida.
- Sempre entro no Octógono procurando o nocaute e dessa vez não vai ser diferente. Sei também que ele vai querer me nocautear, mas acredito muito no meu potencial. Ele nunca sentiu a força de mãos como as minhas - disparou o catarinense.
Carwin, que substitui Brock Lesnar no combate, preferiu adotar um discurso diferente. O peso pesado perdeu seu último combate para Lesnar, por finalização, mas recebeu a chance quando o ex-campeão dos pesados precisou desistir da luta após uma reincidência na diverticulite (inflamação no intestino grosso) que o afetou em 2009. Carwin agradeceu pela nova chance.
- Sei que o Júnior é um dos tops da categoria, mas isso é tudo sobre mim e sobre a grande oportunidade que estou tendo. Estou vivendo um sonho e quero aproveitá-lo da melhor forma possível - disse.
O card principal do evento do próximo dia 11 conta ainda com três outros brasileiros: Diego Nunes, que enfrenta Kenny Florian; Demian Maia, que combate Mark Muñoz; e Vagner Rocha, que encara Donald Cerrone.

Nenhum comentário:

Postar um comentário