Total de visualizações de página

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Número de cartões cresce 0,85% e supera os 612 milhões em setembro


SÃO PAULO – O número de cartões em circulação no Brasil atingiu a marca de 612,485 milhões em setembro.
De acordo com dados preliminares da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), o montante é 0,85% superior ao apurado no mesmo mês de agosto, quando circulavam no País 607,308 milhões de plásticos.
Em um mês, entraram no mercado brasileiro cerca de 5,177 mil cartões.
Tipos de cartões
Do total de plásticos em circulação no País, o cartão de débito é o que possui o maior número, 245,117 milhões. Em seguida, aparecem os cartões de rede e loja e de crédito, com 218,180 milhões e 149,188 milhões, respectivamente.
Na comparação com agosto, houve crescimento de 0,57% número de cartões de débito. Nos cartões de rede e loja, a alta foi de 1,11%, enquanto que no cartão de crédito a expansão foi 0,95%.
No que diz respeito ao número de transações, das 580,575 milhões registradas em setembro, 243,918 milhões foram efetuadas no cartão de crédito, 235,065 milhões no débito e 101,592 milhões nos cartões de rede e loja.
Todas as operações apresentaram redução em setembro, na comparação com agosto, com destaque para as realizadas com cartões de lojas (-8,99%). Já as operações feitas com cartões de débito recuaram 3,88% e as feitas com cartões de crédito caíram 2,53% no período.
628 milhões de cartões
Segundo estimativas das associação, até o final deste ano, 628,015 milhões de cartões devem circular no País. Se a estimativa se confirmar, o número será 11,1% maior que o registrado no final do ano passado (565,228 milhões).
Do total, 153,375 milhões devem ser cartões de crédito, 249,293 milhões, cartões de débito e outros 225,347 milhões, de redes e lojas. Na comparação com 2009, a estimativa é a de que haja um incremento de 13%, 7% e 15%, respectivamente.
Quanto ao número de transações, a Abecs estima um aumento de quase 17%. Até o final do ano, cerca de 7,131 bilhões de transações com cartões devem ser feitas no País, contra as mais de 6,105 bilhões realizadas ao longo de todo o ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário