Total de visualizações de página

sábado, 4 de junho de 2011

Volvo admite que os carros controlados por wi-fi irão reduzir as emissões de CO2 em 20%

O futuro está à porta e, com ele, os carros controlados por tecnologias de comunicações móveis. Segundo executivos da Volvo, estes carros, que se auto-conduzem, estarão nas estradas europeias no final da década, devendo a fase de testes começar na Suécia. Curiosamente, o País de onde é originária a própria Volvo.
De acordo com estes responsáveis, os carros inteligentes terão velocidade e direcção controlado, o que permite aumentar a eficiência dos combustíveis e, com isso, reduzir as emissões de CO2. Até 20%, para sermos mais precisos.
Este projecto está a ser desenvolvido pela Volvo – e outros parceiros – em conjunto com a União Europeia. Denominado Sartre, o objectivo é colocar uma série de carros, controlados via wi-fi, na estrada. Neste cenário, um carro comandaria todos os outros, cujos condutores, em teoria, poderiam deixar a condução e concentrarem-se em ler o jornal ou ver um filme.
Conheça melhor o projecto, que parece saído de um filme de ficção científica.
Segundo Thomas Broberg, engenheiro de segurança da Volvo, estes “pelotões” de carros poderão ser conduzidos por profissionais experientes, como taxistas ou motoristas de autocarros. Cada poletão terá entre seis a oito carros. O objectivo do projecto passa também por aumentar a segurança na estrada, reduzir os congestionamentos ou melhorar o ambiente. Já se imaginou, a caminho do trabalho, a ler o jornal ou jogar um videojogo, sendo guiado por um colega?

Artigos Relacionados

Nenhum comentário:

Postar um comentário