Total de visualizações de página

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Como evitar o consumo elevado de combustível e a emissão de CO2 Os pneus são um dos factores que mais contribuem para o gasto de combustível

Representam entre 20% e 30% do consumo de combustível dos veículos, sobretudo devido à sua resistência ao rolamento.

Por isso, é fundamental que os condutores tenham atenção e controlem regularmente a pressão dos pneus, pelo menos, uma vez por mês, através do indicador que está escrito no livrete, por exemplo. Deste modo, reduz o desgaste do automóvel, aumentando a sua longevidade.

Também o tratamento que se dá ao veículo tem grande relevância. Subir passeios, passar sobre buracos, rolar em terrenos irregulares e travar ou acelerar de forma brusca podem diminuir a vida dos pneus do carro. Além de gastar dinheiro desnecessário, diminui a segurança dos passageiros e aumenta a emissão de gases poluentes.

Contudo, existem outros factores que contribuem para o aumento do combustível e das emissões de gases, nomeadamente o comportamento na estrada. É no meio urbano que o estilo de condução tem mais influência no consumo e nas emissões de dióxido de carbono (CO2) e gases poluentes com implicações na saúde.

Por exemplo: um condutor agressivo que tenha um carro a gasolina é responsável por um aumento de combustível e de emissões de CO2 na ordem dos 80%, face a um condutor que tenha uma condução económica e segura. 

Em contrapartida, é na auto-estrada que o tipo de condução menos influencia o consumo e a emissão de gases poluentes, uma vez que a velocidade máxima permitida foi atingida, não são necessárias manobras que façam variar significativamente o consumo e a emissão de gases.

Fonte: www.deco.proteste.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário