Total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Corinthians assina contrato de dois anos com Anderson Silva


Thales Stadler/ABCDIGIPRESS/AE
Em cerimônia discreta, Anderson Silva foi apresentado ontem como novo atleta do clube


Após dar show no UFC 134 do Rio de Janeiro representando o Corinthians, o lutador Anderson Silva foi finalmente apresentado como atleta do clube. Em cerimônia esvaziada, sem pompa, o Spider vestiu a camisa do clube, declarou mais uma vez o amor à equipe e anunciou a participação em um projeto social que levará as artes marciais para comunidades carentes. “Vamos tentar unir a popularidade do futebol com a do MMA e dar oportunidade para pessoas que querem mudar de qualidade de vida. Nossa ideia é alterar as referências do país”, discursou Anderson.

Além de representar o Corinthians em lutas e eventos ao redor do mundo, Spider agregará o prestígio pessoal à academia de boxe do clube, onde treinará quando estiver no Brasil. “Vamos trabalhar para que as pessoas entendam que o esporte pode mudar e ajudar a sociedade. A prática esportiva alterou a minha vida e podemos levar isso a mais gente”, disse o lutador. “Lógico que queremos publicidade, mas esse é um projeto de longo prazo. Pretendemos ajudar os atletas e a sociedade e mostrar, para todo mundo, que o Corinthians não é só futebol”, explicou o presidente corintiano, Andrés Sanchez.

A identificação de Anderson Silva com o clube foi fundamental para a assinatura do contrato, que terá vigência até junho de 2012. Não menos importante para o acordo foi a intermediação do ex-jogador Ronaldo, que agora faz as vezes de empresário do lutador. O Spider lembrou que foi barrado em um teste de futebol no alvinegro e, por isso, virou boxeador. “Há uns 20 anos, eu cheguei atrasado para fazer um teste como lateral-esquerdo e não pude entrar. O pessoal do boxe estava ali, fui ver um treino e acabei convidado a participar. Fiquei no Corinthians por três meses e comecei a minha história”, revelou Anderson Silva. “Se eu tivesse feito o teste, estaria jogando aqui até hoje!”, brincou.

Nada de mudança de peso
O atual campeão mundial dos pesos médios negou qualquer possibilidade de mudar de categoria para tentar novos desafios no MMA. “Em time que está ganhando não se mexe! Deixa o Jon Jones (peso meio-pesado) e o Georges St. Pierre (peso meio-médio) com seus problemas!”, comentou. Spider também evitou projetar novas lutas, uma semana após nocautear o japonês Yushin Okami, no Rio. “Agora estou de férias. Eu moro nos Estados Unidos, mas vou ficar no Brasil mais um pouco e depois me reunir com meus treinadores para pensar em novos desafios.”

Ídolo nacional, Spider rechaçou a possibilidade de perder fãs torcedores de outros times devido à associação ao Corinthians. “As torcidas têm de entender que os atletas representam não só seus clubes, mas o Brasil. Quando eu subo no octónogo, estou representando todos os brasileiros”, discursou o lutador. O presidente corintiano também fez questão de rechaçar uma possível perda de popularidade do Spider. “O torcedor vai entender aos poucos. Será como o Ayrton Senna, que era torcedor declarado do Corinthians e amado por todos”, definiu Sanchez.

Saiba mais
Muito além do futebol
Anderson Silva não é o primeiro atleta de alto nível contratado pelo Corinthians fora dos gramados. O alvinegro também patrocina os nadadores Thiago Pereira e Poliana Okimoto. Com Spider, porém, o marketing será muito mais explorado. Em breve, serão lançados vários produtos com a marca do lutador, além da inauguração de academias de luta com o nome de Anderson Silva. A primeira, no Parque São Jorge, será aberta para o público até o fim do mês. Para sócios, o plano mensal com direito a musculação e aulas de jiu-jítsu, muay thay e boxe custará R$ 100. Para não sócios o valor fica em R$ 250.

Nenhum comentário:

Postar um comentário