Total de visualizações de página

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Notícias [ iPhone ]iPhone 4S tira do ar sites de tecnologia e página da AppleAlto tráfego na web causado pelo evento da Apple fez com que páginas como Wired, Engadget e CNET ficassem fora do ar na tarde de ontem, 4/10

Se você teve problemas para saber sobre as novidades da Apple durante o evento de ontem, 4/10, saiba que não estava sozinho. Quase todos os grandes sites de tecnologia ficaram ao menos algum tempo fora do ar durante a apresentação do novo iPhone 4S. 

Além de algumas “travadas” de servidor nos nossos parceiros PC World e Macworld nos EUA, quase todos os outros sites cobrindo o evento da Apple em tempo real – incluindo Wired, Engadget, CNET e Ars Technica (além do serviço Cover It Live, usado por muitos desses sites) – ficaram grande parte do tempo do evento fora do ar. Nem mesmo a Apple se safou, já que os usuários correram para comprar o novo iPhone – mas a pré-venda do aparelho só começa na próxima sexta-feira, 7/10.

Leia também:

- Opinião: Desapontado com o iPhone 4S? Não deveria

Nós já vimos esse tipo de problema em praticamente todo evento realizado pela Apple nos últimos anos. E é possível evitar essa sobrecarga? A companhia de hospedagem Rackspace tem um histórico de manter os sites no ar durante grandes eventos como o anúncio de ontem da Apple. Perguntamos ao especialista em gerenciamento na nuvem do Rackspace, Joseph Palumbo, o que sua companhia faz para lidar com tráfego pesado.

Segundo ele, quando você sabe que um dia de tráfego pesado está chegando, os recursos precisam ser dedicados com boa antecedência, já que as soluções feitas no dia do evento raramente aguentam o “tranco”. “Nesse ponto, qualquer coisa que você fizer é apenas um band-aid”, diz Palumbo.

Apesar de todos os problemas, registrados, os sites estão gerenciando o tráfego alto dos anúncios da Apple de modo muito melhor do que antes, afirma ele. Atualmente, a maioria das companhias consegue lidar com a situação de maneira relativamente tranquila assim que a euforia inicial acaba. Mas ao menos que esses sites aprendam a se preparar melhor (ou que o hype em torno dos produtos da Apple diminua muito), essa não sera a última vez que veremos a Apple “travando” o mundo da tecnologia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário