Total de visualizações de página

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Quatro erros financeiros comuns em startups

Quatro erros financeiros comuns em startups
Posted: 20 Oct 2011 01:40 PM PDT


Dar o pontapé inicial para começar um negócio não é tarefa fácil. Mas não é impossível. Nos primeiros anos de uma empresa, o empreendedor precisa captar e fidelizar clientes, ganhar espaço no mercado e superar dificuldades de gestão. Tudo isso pode ser feito de maneira distinta e de acordo com as estratégias de cada empresário, mas o que todos precisam é saber como administrar o dinheiro investido para fazer com que os projetos deem certo e o melhor: lucro. Para que você tenha sucesso nessa empreitada, a Entrepreneur preparou uma lista com quatro dicas sobre os erros financeiros mais comuns cometidos por startups.

1. Custos iniciais
Um dos equívocos mais comuns cometidos por empresários é subestimar a quantidade de dinheiro necessária para fazer com que uma ideia dê resultados positivos. O pagamento de investidores ou mesmo do salário dos fundadores da marca são raramente estimados com precisão. Na maioria das vezes, empresários calculam apenas o montante necessário para colocar a ideia em prática e esquecem-se dos custos com mão de obra.

2. Gastos com marketing
As estratégias de marketing e publicidade são fundamentais para que potenciais investidores e clientes saibam que determinada empresa existe. É comum a diversos empreendedores separar uma verba pequena do seu investimento para esse tipo de ação. Para que um negócio dê certo, é preciso calcular corretamente quanto será gasto com publicidade e e-mail marketing, por exemplo, e verificar previamente se essas atividades de promoção poderão trazer o retorno esperado. Cada região e estado se comportam de maneiras distintas para esse quesito. Para não errar, é preciso fazer testes e analisar o mercado.

3. Despesas fiscais
Impostos existem e, claro, devem ser pagos corretamente pelo empreendedor. É importante procurar contadores e consultores para descobrir o melhor regime tributário para o negócio. Isso ajudará a reduzir esse tipo de gasto.

4. Gostos desnecessários
Investir na construção do melhor espaço de trabalho e na obtenção dos melhores equipamentos é o desejo de muitos, mas, no começo de um negócio, é preciso esquecer ideias luxuosas e se concentrar na rentabilidade dos produtos desenvolvidos pela empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário