Total de visualizações de página

sábado, 26 de novembro de 2011

Responsabilidade socioambiental deve guiar companhias, afirmam empresários Eles debateram como a sustentabilidade e a inovação contribuíem para a competitividade

Responsabilidade socioambiental deve guiar companhias, afirmam empresários
Eles debateram como a sustentabilidade e a inovação contribuíem para a competitividade


Por Gabrielle Nascimento , Agência Sebrae

Empresas Fornecedoras e as Compras Sustentáveis foi o tema do 9º Seminário Internacional de Compras Governamentais, realizado durante o 4º Fomenta, que aconteceu nos dias 23 e 24 de novembro, em São Paulo. Roberto Baungartner, diretor de Relações Internacionais da Ticket; Fernando Madureira, engenheiro chefe do Grupo Tosi; e Newton Figueiredo, presidente da Sustentax, expuseram como suas empresas se posicionam em relação à sustentabilidade.

Baungartner ressaltou que a sustentabilidade deve ser resultado de uma convergência de esforços entre gestão pública e iniciativa privada. "Todas as organizações devem oferecer produtos sustentáveis", pontuou. A Ticket tem 310 mil estabelecimentos credenciados no Brasil, que aceitam Ticket Restaurante e Ticket Alimentação, sendo que a maioria deles é composta de micro e pequenas empresas (MPE).

O engenheiro chefe do Grupo Tosi expôs dados que comprovam a importância da inovação tecnológica e sustentabilidade na cadeia de ar condicionado. "Posso afirmar que o ar condicionado representa cerca de 60% do consumo de um edifício comercial. É preciso rever as condições dos equipamentos que operam em todo o Brasil", alertou.

De acordo com Madureira, na hora da aquisição de um ar condicionado é preciso considerar a eficiência energética; a qualidade do ar (pureza, temperatura e umidade relativa); o gás refrigerante, que deve ser ecológico, e o controle de sua utilização; o baixo custo operacional; e a emissão de resíduos minimizada.

Cerca de 62% dos consumidores brasileiros estão dispostos a pagar 10% mais caro por produtos sustentáveis; 87% vão obter produtos sustentáveis desde que não tenha aumento de custo e 95% acreditam ser importante comprar de empresas verdes. Esses foram dados expostos por Figueiredo, da Sustentax. "As empresas devem ter uma nova postura, em que ética e responsabilidade socioambientais são fatores fundamentais", orientou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário